Não compre mercadoria usada sem conhecer sua procedenciaOs pequenos delitos aumentam assustadoramente em nosso bairro, diariamente ouvimos depoimentos de pessoas que tiveram seus bens furtados ou o quintal de suas casas invadidas. É certo que estes objetos tem destino certo – as mãos de receptadores que compram as “mercadorias” pagando valores irrisórios, isto quando não as trocam por pequenas porções de drogas. A presença do receptador nas proximidades do bairro, é uma das principais causas do aumento desse tipo de roubo e furto em sua vizinhança. É importante que toda a sociedade de bem esteja consciente da importância do papel de cada um no combate a esse marginais, seja denunciando esses pontos de receptação, ou evitando a compra de objetos usados sem conhecer a sua procedência.

Leiam o depoimento a seguir, talvez para alguns este alerta seja um “chover no molhado”, mas pode ser que alguns ainda não saibam, então esta informação será útil.
.
“Em abril de 2008 recebi uma mensagem com a seguinte informação: digite *#06# no teclado do celular GSM e aparecerá um número enorme (cerca de 15 algarismos). Este número é um tal de IMEI, que é único, e que precisa ser informado à operadora para se conseguir obter o bloqueio do aparelho. Este número também aparece na etiqueta colada na caixa do aparelho, mas quem costuma guardar a caixa? Naquela ocasião, quem me enviou a mensagem disse que não sabia se a orientação era verdadeira, apenas a estava repassando. Na dúvida, fiz o procedimento e deixei anotados os números IMEI do meu aparelho e do aparelho da minha esposa.
.
Pois bem, na última semana fui roubado e os ladrões levaram ambos os celulares. Como tinha os números anotados, liguei para a Vivo e passei os respectivos números de IMEI e ambos os aparelhos foram bloqueados, ou seja, a orientação é verdadeira.
.
É claro que nunca mais eu encontrarei os celulares, mas os gatunos ou os eventuais idiotas que os comprarem por migalhas, achando que fizeram um grande negócio, e que são os cretinos que alimentam essa indústria de roubos de celulares, não poderão mais usá-los, pois estarão definitivamente bloqueados.”

Anúncios